Está pensando em contratar um profissional "estrela" para o seu negócio de beleza? Veja quais são os critérios que devem ser analisados antes!

Saiba quem é o profissional “Estrela” no negócio de beleza e sua importância

Antes de tudo, vamos definir o que é uma “estrela” na conjuntura dos salões de beleza.

Quando se fala de um “estrela”, é normal que os proprietários de salões pensem em algo pejorativo, pois o associam àquele profissional que possui um ego altamente ‘inflado’ e a plena convicção de que o mundo gira ao seu redor. Já, para a classe profissional, a “estrela” é aquele cabeleireiro bem-sucedido, com técnica aprimorada e formador de opinião. Onde ele está, lá estão os clientes bem-sucedidos e, acima de tudo, com fartura de dinheiro!

Normalmente, esse profissional exige condições especiais para trabalhar: um alto percentual de ganho sob seu faturamento, poucas obrigações e muito “estrelismo”! Por vezes, inclusive, exige que seu nome esteja inscrito na fachada do salão de beleza.

Neste caso, é fundamental que este profissional compense suas exigências dando um ótimo retorno ao negócio, tanto em termos de atratividade do público, como em termos de faturamento e rentabilidade para o salão de beleza. Porém, concretamente, nem sempre isso acontece.

Freqüentemente, o egocentrismo de um profissional “estrela” cria uma ilusão para aqueles investidores que não possuem conhecimento ou vivência, como proprietários, no ramo de beleza, o que, aliás, é muito comum.

A maioria daqueles que se aventuram neste ramo, nem sequer fazem uma consulta ou pesquisa mercadológica orientada por profissionais especializados no negócio. Portanto, não tem a mínima ideia das contingências que irão enfrentar em relação à tecnologia do setor, à competitividade, à concorrência, ao comportamento jurídico-legal com os profissionais a serem contratados etc.

Na verdade, são poucos os proprietários de salão que realmente obtêm sucesso no empreendimento! A grande maioria somente sobrevive.

Na experiência de mais de vinte anos atuando neste segmento, constatamos que grande parte destes investidores não somente perde o que investiu, mas acaba endividando-se, tendo que posteriormente vender seu negócio por um preço irrisório, abrindo excelentes oportunidades para os verdadeiros empresários do ramo.

Aí sim encontramos as verdadeiras “Estrelas” do negócio! São todos aqueles empreendedores que, conhecendo ou não a técnica, fazem do salão de beleza uma real fonte de renda e lucro, além, é claro, de um prazer.

O que avaliar para contratar um profissional para o negócio de beleza?

O que o empresário deve avaliar, quando for contratar qualquer profissional para o seu negócio, é o quanto este agregará de valor (bom atendimento, técnicas inovadoras, estilo, etiqueta etc.), clientela e lucratividade. E atenção: estamos nos referindo ao lucro e não ao faturamento, pois um aumento de faturamento, não significa lucratividade certa, pois pode ser totalmente corroído pelas regalias exigidas pela equipe de trabalho. Além disso, uma empresa não avança somente com “estrelismo” e sim com o lucro que obtém através dos bons serviços que oferece.

Nunca devemos focar nossas lentes empresariais somente no faturamento, mas também e, especialmente, no lucro líquido que será obtido, já que é a partir daí que se pode obter o retorno sobre o investimento inicial e o rendimento necessário para efetuar novos investimentos, indispensáveis para a manutenção do protagonismo do negócio.

Existe uma regra básica que não se pode deixar de lado em nenhum negócio, seja ele qual for: NUNCA, mas NUNCA mesmo, deve-se deixar a receita da empresa concentrada em uma única fonte de ganho. No caso do salão de beleza, em um só cabeleireiro.

Se, contratando uma “estrela”, o empresário obtiver um up grade em seu faturamento, certamente será uma boa contratação. Porém, ainda assim, nossa sugestão é que ele, imediatamente, inicie um processo para que sua equipe aprimore suas técnicas e comportamento e, de modo geral, o próprio faturamento.

Muitos empresários do negócio salão de beleza caíram na “armadilha da estrela!”

Neste mercado, de fato, existem muitos profissionais “estrela” que merecem este status, uma vez que agregam valor e faturamento ao salão de beleza, fazendo toda diferença em termos de técnica e talento, além de manter coesão na equipe e transformando seu trabalho em ganho individual e empresarial.

Estas sim são as Verdadeiras Estrelas deste ramo de negócio! Estrelas que garantem a satisfação e a fidelidade dos clientes, tornando-se os reais parceiros dos empreendedores que enveredam por este maravilhoso caminho da estética e da beleza.

No canal da Negócios e Beleza tem mais vídeos e dicas que podem te ajudar a ter um SSR-Salão Super Rentável.

Faça comentários, assine o canal, sugira pautas para discutirmos aqui, até á próxima.

Conheça nossos cursos e consultorias em nosso site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
error: Conteúdo protegido