Voltando aos negócios depois da quarentena

Este é um texto rápido com algumas dicas de como você pode recomeçar, voltando aos negócios depois da quarentena.

Afinal um recolhimento compulsório de 3 meses leva você a pensar o que me espera do lado de fora.

O futuro será um eterno aprendizado, nada será como antes, pode ser melhor ou pior depende como nos prepararmos, voltando aos negócios depois da quarentena     .

1º Há regras impostas pelo poder público e você deverá ter conhecimento delas é fazer o melhor uso dessa informação, abaixo já deixo alguns links.

Voltando aos negócios após quarentena

 

Plano Oficial – SP

Protocolo oficial do setor de beleza – SP

Orientações para reabertura de salões de beleza SEBRAE

E-book SEBRAE beleza COVID-19

Curso COVID-19 Sindibeleza

Esteja atento ao decreto municipal de sua cidade, este é o que você será responsável legalmente, verá que muitas das recomendações de várias entidades não são obrigatórias e sim recomendáveis.

Cabe ao gestor a decisão de o quanto irá além das obrigações legais e quais os custos envolvidos.

Lembrando que os clientes podem “penalizar” mais que o fiscal da prefeitura, por isso as ações devem ser ostensivas e bem divulgadas para o cliente se sentir seguro e também estar ciente da necessidade de sua colaboração

2º Igualmente importante, que as regras legais, são as expectativas de seus clientes e fornecedores.

Houve um stress coletivo nos últimos três meses e agora saímos de uma “toca” e damos de cara com o tal “Novo Normal”

Transparência e acolhimento.

O que você gostaria que tivessem com você, deverá ser o mesmo tratamento que você dará a seus clientes.

Sem abrir mão da segurança e de seu planejamento financeiro.

Na apresentação abaixo tem um modelo de como você pode informar a seus clientes as novas regras (veja o decreto da sua cidade) de conduta e funcionamento do Salão.

Na minha opinião os 2 primeiros slides são os mais importantes, pois são os de acolhimento e solidariedade.

Obs. Nem todas são obrigatórias, adapte a apresentação a sua realidade.

Muitos estão fazendo videoclips, posts elaborados, não interessa o meio e sim o conteúdo.

Não precisa ser uma super produção mas deverá ser sincera acolhedora e técnica.

Aproveite a apresentação acima, você pode copiar, adaptar, se inspirar, fique a vontade não tem custo nenhum.

3º Os custos aumentaram e agora?

Tudo aumentou e seus gastos também irão aumentar.

Um totem de dispensar de álcool gel, se lhe for possível, recomendo, ele irá custar, mas pode pedir patrocínio a algum fornecedor.

O álcool gel, obrigatoriamente você deverá dispensar a seus colaboradores e clientes.

Além das máscaras, descartáveis e os produtos de limpeza que serão em maior número e gastos, pois terá que higienizar cadeiras e lavatórios com frequência.

Os custos fixos se você seguiu nossas recomendações iniciais  os cortou, enxugou e conteve.

Horário menor, menos cadeiras, menos atendimentos simultâneos

Porém eles terão uma relação com um horário  de funcionamento e de ocupação menores, por consequência uma restrição de número de pessoas no estabelecimento.

Tabela Custo Fixo X Numero de Atendimentos

Somente pelo impacto de custos fixos X atendimentos (tabela acima) na melhor das hipóteses você manteria o mesmo custo por atendimento.

Isso se não houvesse mais gastos em produtos e serviços de higienização, descartáveis e os eventuais aumentos, que como você, vários fornecedores também irão faze-lo.

Um aumento de preços se fará necessário. Mas como?

Como fazer isso num mercado livre e em recessão?

Depende de seu posicionamento, salōes mais sofisticados têm mais margem e ironicamente mais espaço para aumento de preços.

Já salōes pequenos e médios, a pressão de mercado é bem maior e têm mais dificuldade em repassar custos extras a seus consumidores.

Uma ideia razoável vem das grandes redes europeias.

Além da apresentação e campanha acolhendo e explicando as novas regras no salão, foi introduzido mais um elemento.

Apresentaram ás clientes um custo adicional a título de despesas de sanitização que dependendo do salão é de 1 a 2 euros.

O uso de um custo operacional já era uma prática que indico a meus clientes no cálculo de comissões, como o desconto ou divisão de produtos.

A forma de cobrança agora é que será diferente e adaptada a realidade brasileira.

Exemplo:

Se você precisa aumentar em razão dos custos de sanitização R$ 10,00 num serviço.

E você paga 30% de comissão nesse serviço de R$ 100, por exemplo,

o aumento terá que ser de R$ 14,28 e não R$10, pois você terá o custo da comissão.

No entanto se você transferir o custo extra diretamente para o cliente, na forma de taxa de de sanitização, o impacto será menor e cobrirá os custos, como na tabela .

Aumentando os preços ou acrescentando a nova taxa é uma decisão estratégica sua, mas será uma questão que você terá que avaliar, mais cedo ou mais tarde.

Estas ações devem ser aplicadas desde já.

E daqui para a frente você deverá acompanhar o comportamento de seus clientes e do salão através do ticket médio,

que inicialmente deverá ter um aumento, fruto da brutal contenção do consumo, mas depois deve cair também.

A frequência do salão também deve sofrer ajustes e deve ser observada, não só os dias, mas os horários de maior e menor procura.

Um semestre tenso é complicado, mas com OPORTUNIDADES

Teremos um semestre bem complicado pela frente mas também haverão boas oportunidades as quais você deverá estar bem atento.

Não sabemos ao certo quanto tempo levará a recuperação, pois isso é caso a caso e até mesmo país a país.

Mas é certo que haverá oportunidades de novas parcerias com profissionais, outros salões e barbearias e até mesmo uma mudança de ponto.

Alguns salões invariavelmente fecharão e você pode ter a oportunidade para se mudar para um ponto melhor e possivelmente mais barato.

Mantenha suas contas sobre controle, contenha seus gastos, cada centavo poupado é centavo ganho.

Passando esta fase você se deparará com um mercado mais eficiente e seguro.

Nunca mais perca de vista seu orçamento e assim que possível recomponha ou faça a sua 1ª reserva de emergência e diversifique seus ganhos, mas isso é para outro artigo.

Estou a disposição, use o espaço de comentários para tirar alguma dúvida ou acrescentar algum assunto que deseje ser abordado no blog ou que queira mais aprofundado.

Força e Coragem tudo vai melhorar, fique bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
error: Conteúdo protegido